quarta-feira, 24 de Março de 2010

A REVOLTA DAS FRASES

Em "A revolta das frases", de Maria Almira Soares, Dona Frase é a protagonista de uma aventura que diverte até os mais sisudos...Espreitemos só um bocadinho!
" E é agora que vamos assistir a algo totalmente inédito (suponho) nas nossas vidas: uma conversa entre uma frase e um director de escola.

— Como vê (!), estou completamente atarantado. Nunca falei com uma frase


— Não há qualquer problema. Não esteja preocupado. Vai ver que, depois de eu começar a falar, todos ficarão tão interessados no que eu tenho para lhes dizer, que até se esquecerão de que sou uma frase que está a falar.


— Não sei, não sei...


A frase, se tivesse braços e mãos, estaria quase com vontade de dar umas pancadinhas nas costas do Director para o acalmar.


— Não sei e, de qualquer modo, preciso de ter uma ideia prévia do conteúdo do seu discurso, — quase se descaía a dizer: — Dona Frase!


— Compreendo, mas, sabe, eu não sou dada a fazer planos, a levar os discursos escritos. Sou mais dada ao improviso. Só lhe posso adiantar o tema.


— Venha ele!


— Anda tudo à roda das palavras...


— Das palavras? Mas a Dona Frase é linguista? Ou poeta? […]"



__________

Sem comentários:

Enviar um comentário